Arquivo da categoria ‘Semiclássicos’

O perigo está por toda parte!

Eu não gosto de filmes franceses. Muito menos de música francesa. Mas tem coisas vindas do país do fromage que valem muito a pena: um bom vinho, um Citroën SM e, acima de tudo, Flashback, da Delphine. (mais…)

Sim, Sparkster é um herói que não fica bancando o fodão!

Demorou um pouco, mas aqui está o segundo dos Semiclássicos, apresentado pelo seu blogueiro ocupado (paradoxo) Rafthehay! Hoje vamos tratar de um jogo que tem praticamente tudo que um jogo precisa ter de bom: Vista lateral, muitos elementos na tela, personagens carismáticos, trilha sonora marcante, é para Mega Drive e tem aquela sensação de estar no limite que te deixa na beira da cadeira durante o jogo. Trata-se de Rocket Knight Adventures!

Criado pela Konami nos idos de 1993, o jogo seguiu a onda de desenvolvedores que viram que Sonic era muito legal. Dentre esses outros games, com certeza você já deve ter ouvido falar de nomes como Bubsy, Ristar, Aero the Acrobat e mais “recentemente” Crash Bandicoot. E porque Rocket Knight é tão diferente deles? Porque é BOM. (mais…)

Cavalgando ao por-do-sol

Bem-vindo à seção “Semiclássicos”, onde vou falar sobre games que deveriam ser – mas que de fato não são – clássicos! Pra começar, um jogo que habitou 3 entre 8 fitas de 7 em 1 do Super Nintendo, presença em alguns arcades, e integrante peculiar de um estilo de jogo conhecido pela sua apelação: Sunset Riders! 4 cowboys num mundo onde as recompensas são tudo. Billy, Cormano, Bob e Steve são os heróis que você pode escolher (ou você e um amigo, o jogo tem modo co-op) para sair atirando nas legiões de capangas que defendem latifundiários, índios e Jack Matador um perigoso vilão. Uma dica de início? Selecione Cormano, ele tem um sombrero. Sem mais. (mais…)