Latin NCAP expõe os podres dos carros nacionais

Publicado: 19/10/2010 por rafthehay em Coisas da vida
Tags:, , , , , , , , , , , , ,
Buzina: você está fazendo isso errado.

Seguindo uma tendência iniciada a mais de uma década na Europa pela Euro NCAP, ontem, a recém-criada Latin NCAP chutou o pau da barraca e começou suas atividades. Num evento simultâneo em três países, a organização independente (que conta com o apoio da FIA, da ONU e da associação Pro Teste) divulgou o resultado do crash-test de 9 modelos fabricados no Mercosul. Como foi?
Pior do que muita gente esperava.

Os testes foram realizados nos mesmos moldes do teste europeu e consistem numa colisão a 64 km/h numa barreira móvel com desvio de 40%. Isso recria com precisão a colisão de dois carros de porte semelhante a 55 km/h vindo em mãos diferentes. Os modelos testados foram o Toyota Corolla, o Chevrolet Meriva, o Fiat Palio, o Volkswagen Gol, o Peugeot 207, e o chinês Geely CK1, não vendido no Brasil ainda. O Fiat, o Peugeot e o VW foram testados em versões com e sem airbags. Um resumo encontra-se aqui em baixo, mas o resultado completo com vídeos pode ser visto no site da Latin NCAP.

Geely CK1: ZERO estrelas!

O resultado dos testes não poderia ser pior: os modelos sem airbag oferecem risco elevadíssimo à vida dos ocupantes, e nos que possuem airbag as lesões muitas vezes são causadas pelo painel ou por fragilidade da carroceria. O Peugeot 207 foi o mais surpreendente nesse aspecto: de acordo com um integrante da Euro NCAP, a fabricante francesa usa aço de menor qualidade no nosso país e os materiais do painel são de especificações inferiores. Como resultado, o modelo COM airbag tirou a pior nota dentre todos testados, somente duas estrelas, pois mesmo com a abertura da bolsa inflável o motorista bateu no volante. Como comparação, 0 206 europeu, fabricado em 2000, tirou 4 estrelas no mesmo teste.

Esse primeiro teste teve como intuito chocar os compradores de carro e incentivá-los a correr atrás de opções mais seguras. Na Europa airbags não são obrigatórios, mas a ampla divulgação e publicidade envolvendo os resultados dos testes os tornaram item padrão mesmo nos carros mais baratos. Abaixo, o teste do carro mais vendido do Brasil: um Gol sem airbags.

Espero que com a criação da Latin NCAP a sociedade e os órgãos governamentais se mobilizem em favor de carros mais seguros. Acidentes de trânsito são a segunda maior causa de morte no Brasil, e muitas dessas mortes seriam evitadas se nossos carros apresentassem itens de segurança passiva e ativa adequados à realidade de nossa sociedade. Eu particularmente sou a favor da ideia de mostrar “shock-ads” na TV. aqueles bem sangrentos e violentos mesmo, pra aterrorizar crianças e pais sobre o risco de direção perigosa. Exemplo ótimo? Confira esse excelente vídeo veiculado na Austrália:

Para você que está em busca de seu primeiro carro, sugiro dar uma olhada por aí pra saber se a máquina que você quer não vai te estraçalhar em pedaços, sendo que um modelo de mesmo preço pode lhe garantir talvez menos estilo, mas uma sobrevida que, convenhamos, é muito bem-vinda.

Thumbs up pra Latin NCAP, e boa sorte para todos nós. Por um trânsito mais seguro!

(Créditos de mídia: Latin NCAP, Jalopnik e TAC)

Rafthehay,

Quer um carro com airbag, e espera nunca precisar usar!

Anúncios

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s