Definitive Narrative

Publicado: 08/07/2010 por Estêvão em Games
Tags:, , , ,

Definitive Narrative

Finalmente  liberado o primeiro trailer de Last Story.

O JRPG que será um exclusivo de Wii ainda sem data de lançamento (provavelmente final deste ano), está sendo desenvolvido pelo estúdio Mistwalker  que previamente trabalhou em Last Odissey (que até que é legalzinho pelos 15 minutos que joguei) e Blue Dragon, aquele jogo que prometia ser um “sucessor espiritual” de Chrono Trigger e Chrono Cross, mas que no máximo ganhou nosso desprezo por suas bravatas….

Ok, não é um bom ponto de partida para falar de Last Story, mas  deem uma conferida no vídeo disponibilizado no site da Nintento Japan.
Infelizmente por ser um vídeo bem recente, a única versão disponível está site da Nintendo  e que não podemos inserir aqui no post.
Vai lá, abra o link, assista o vídeo e depois volte para terminarmos nossa conversa.
Eu espero.

Update:


Então? Experimentou aquela sensação de déjà vu? Fácil de explicar.

O dono do estúdio Mistwalker é ninguém menos do que Hironobu Sakaguchi (tá, você não é obrigado a saber quem ele é). E apesar de não ter um nome facilmente reconhecível para a geração atual como Goichi Suda ou Shigeru Miyamoto, Sakaguchi-san já foi responsável por uma certa franquia de JRPGs com um título semelhante e que em breve terá mais continuações do que o número de bits dos consoles onde será jogado. E que rima com Virginal Ecstasy.

E o que podemos esperar de Last Story?

Bem, hack & slash em tempo real parece ser a nova direção em que os JRPGs estão rumando, trazendo uma  revitalizada há muito necessária e urgente no gênero ( mas Phantasy Star Online fez isso primeiro).Em breve os donos de Wii terão em mãos um produto que combina a experiencia de um dos caras que moldou o gênero de JRPG como conhecemos hoje (ou ao menos de como lembramos dele em seus tempos de glória)  com novas noções de gameplay modernizadas e revitalizadas.

Estêvão, acha que ainda vale a pena ter um Wii

Francamente, o nome “Last Story”  está na fronteira “Levar um processo da Square Enix”, menos dois passos.


Eu admito. O maior atrativo do jogo é não parecer um jogo que pudesse estar no Wii

Anúncios
comentários
  1. Gustavo disse:

    Eu vi o vídeo e a impressão que ficou foi positiva. Fora algumas animações pobres (mas que eles têm tempo para consertar), o jogo me pareceu bem produzido e divertido. Acho que os diferenciais do jogo irão destacá-lo no mercado de JRPGs, principalmente no Wii, que não tem tido muitos jogos com essa cara mais “séria”, apesar do estilo visual característico dos jogos orientais.

    (O jogo ganha pontos pelo protagonista realmente se parecer com um homem)

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s